terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Poesia: 5:30 AM




O Dia já estava amanhecendo,
O sol raiando nos horizontes,
A brisa circulava em meu rosto,
E lá estava “eu” vendo o dia amanhecer.


Exatamente às 5:30 da manhã!
É...Nem eu acreditei que estava acordado.
Que estava ali, naquele exato lugar.
Foi algo novo, algo tenso está presente.

Vivencie um momento singular.
Momento esse que não volta.
Saudades...
Porém, mêdo também.

Mêdo? É...
Tive mêdo de ser criticado.
Advinha o por quê?
O porque de esta acordado naquele horário.



Autor: Romário Araújo da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário